OPINIÃO Maria José Fernandes: Mensagem

2021-06-15

 

Envio esta pequena mensagem porque o movimento Contra a Indiferença tem o nobre propósito de lutar contra a abstenção nos atos eleitorais. A luta contra a abstenção é uma causa que recebe a grande maioria do apoio das pessoas e que não deixa ninguém indiferente, mas que precisa de alertas.

A não participação nos atos eleitorais é um perigo para a democracia, é deixar para os outros uma responsabilidade que a todos pertence.

Exercer o direito de votar é um dever cívico e, acima de tudo, é manifestar a nossa vontade e é um exercício de liberdade.

Todos devemos lutar contra a abstenção nos atos eleitorais. Independentemente das nossas opções políticas e partidárias votar é manifestar a nossa vontade, a nossa opinião, mesmo que possamos não concordar com nenhuma das opções. Não devemos deixar para os outros a escolha sobre quem vai governar a coisa pública que todos sentimos como muito nossa.

Este movimento Contra a Indiferença não tem qualquer objetivo partidário ou pessoal, mas tão só pretende chamar a atenção de que temos um direito que custou muito a obter e que não queremos perder.

A democracia para que seja plena exige a participação ativa das pessoas em que a informação desempenha um papel essencial. Devem ser criadas todas as condições para que possamos exercer, sem limitações, o direito de votar.

Os eleitos precisam de ter a legitimidade do povo e isso só se consegue plenamente com uma grande participação no dia das eleições.

É essencial que as pessoas se informem e que exerçam o direito de votar para bem da democracia, para bem de todos.

Votar é defender o interesse público. Votar é exercer a liberdade.

 


Deixar comentário



Lista de comentários