Um desafio à vitalidade da nossa democracia-Opinião por Rui Ferreira

2021-09-22

Rui Ferreira da Associação BragaMais, uma das associações que subscreveu o Manifesto, dá a conhecer o apelo que foi feito aos associados:

 

A nossa associação assumiu, desde a sua fundação, a cidadania como uma das suas missões.  

A prática dos direitos e deveres que nos assistem enquanto membros de uma comunidade, já exaltada na Grécia Antiga, é fundamental para a definição daquilo que somos e do nosso quotidiano. É o exercício da cidadania que nos concede a possibilidade de participar ativamente na sociedade em que nos inserimos.

Num tempo em que a democracia sofre de terríveis enfermidades, entre as quais se salienta a apatia e desinteresse dos cidadãos, é um imperativo confirmarmos a nossa presença sempre que formos chamados.

Como tem conhecimento, a Associação Braga Mais formalizou a sua adesão ao Manifesto Contra a Indiferença (https://candidaturacontraaindiferenca.pt/), um movimento que pretende combater a abstenção e desse modo promover a participação cívica de todos, apelando ao voto nas próximas eleições autárquicas.

Estas eleições, que são aquelas que mais convidam à participação e envolvimento dos cidadãos na política, são mais um desafio à vitalidade da nossa democracia, na qual cada um de nós tem o dever de participar.

Temos consciência do alheamento crescente que se tem instalado na sociedade relativamente à política e seus decisores, contudo é fundamental percebermos que a democracia necessita de vitalidade e assiduidade para continuar a confirmar-se como o melhor sistema de governação dos povos, apesar das suas fragilidades.

O voto não é apenas o exercício da cidadania e democracia. O voto é o exercício de um poder que assiste a cada um de nós.

Tratando-se de uma evidente causa da cidadania, um dos eixos fundamentais da nossa missão, a Braga Mais sublinha a necessidade de participarmos nesta assembleia da cidadania, exercendo um direito conquistado há quase meio século.

Por isso mesmo, independentemente dos sentimentos que possa experimentar neste momento, no próximo domingo não deixe de ir votar!


Deixar comentário



Lista de comentários